O presidente da Bielorrússia Alexander Lukashenko encontrou-se com o filósofo russo Alexander Dugin.

O presidente da Bielorrússia Alexander Lukashenko encontrou-se com o filósofo russo Alexander Dugin.

A conversa durou mais de duas horas.

O chefe de Estado deu as boas-vindas a Aleksandr Dugin na Bielorrússia. Aleksandr Lukashenko disse: “Eu estava interessado principalmente em fazer você ver a Bielorrússia com seus próprios olhos. Minsk certamente não é a Bielorrússia inteira, assim como Moscou não é toda a Rússia. No entanto, você é um homem experiente e pode dar uma olhada em Minsk para determinar como vive a Bielorrússia. A sua Bielorrússia. Espero que você não separe isso em sua mente e não considere um país estrangeiro. Apesar do fato de que hoje em dia é um estado independente e soberano.”

“Certamente”, concordou Aleksandr Dugin.

Alexandre Lukashenko

O líder bielorrusso continuou dizendo: “Depois de tudo o que eles dizem na Rússia sobre a Bielorrússia e o que eles não dizem, o que eles mantêm em silêncio… Provavelmente não é grande segredo para você. Desde que você possa ver a imagem real por trás de números, linhas e vírgulas. Mas as pessoas não entendiam muito bem o que está acontecendo na Bielorrússia, particularmente no passado. Às vezes fomos criticados sem motivo. Eu entendo que há (havia) uma certa inveja, outra coisa. Houve várias razões. É por isso que uma pessoa do seu calibre, uma pessoa pública que vê a realidade… Espero que não apenas cada russo, mas cada cidadão russo aprenda sobre isso [sobre o que a Bielorrússia pensa e como vive]. Estou muito interessado nisso. Porque temos que viver juntos. Não devemos fugir uns dos outros, não importa o que aconteça.”

Aleksandr Dugin

Aleksandr Dugin agradeceu a Aleksandr Lukashenko o convite para visitar a Bielorrússia. Ele observou que admira a política de Belarus e Aleksandr Lukashenko há muito tempo. O filósofo disse: “Vocês não permitiram que seu estado fosse saqueado. Você não cometeu os erros que, infelizmente, cometemos nos anos 90 e que estamos corrigindo com tanta dor hoje. Admiro sinceramente sua autoridade, sua coragem, sua firmeza em salvar o povo bielorrusso, o estado bielorrusso. Que significa nós mesmos. O que significa a nossa unidade, o nosso Estado de União. E hoje nós estamos de costas um para o outro como você disse. Todos os outros são neutros ou opõem-se a nós. E aqui estamos para proteger nossa ideia eslava, russa e bielorrussa juntos.”

Além disso, Aleksandr Dugin agradeceu a Aleksandr Lukashenko pelas condolências pelo falecimento recente de sua filha: “Estou muito agradecido a você, minha esposa agradece as palavras de sincera condolência pela morte de nossa filha nas mãos de terroristas ucranianos. Como você pode ver, a linha de frente não está só na Ucrânia. Está também na Rússia, nos nossos corações, nas famílias. Para nós, é uma perda insubstituível. Estamos muito gratos a você por palavras sinceras e sinceras.”

Tradução Guilherme Fernandes

Fonte: https://eng.belta.by/president/view/lukashenko-meets-with-russian-philosopher-public-figure-aleksandr-dugin-153965-2022/

Outras fontes relacionadas: https://eng.belta.by/president/view/lukashenko-meets-with-russian-philosopher-public-figure-aleksandr-dugin-153965-2022/

https://eng.belta.by/president/view/lukashenko-belarus-russia-should-stick-together-153971-2022/

Guilherme Fernandes

Guilherme Fernandes

Membro da Resistência Sulista e Dono do blog Tierra Australes. Também um ativista ferrenho pela reunificação do Uruguai e do Rio Grande do Sul como uma só pátria sob o estandarte de José Artigas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *