Vladimir Putin na reunião de Xi Jinping: as tentativas do Ocidente de criar um Mundo Unipolar tomaram ‘uma forma horrível’

Vladimir Putin na reunião de Xi Jinping: as tentativas do Ocidente de criar um Mundo Unipolar tomaram ‘uma forma horrível’

Ao mesmo tempo, o presidente russo destacou que a Rússia aprecia “a posição equilibrada da China em relação à crise ucraniana”.

As tentativas do Ocidente de criar um mundo unipolar tomaram “uma forma horrível “, disse o presidente russo, Vladimir Putin, na quinta-feira, durante seu encontro com seu colega chinês Xi Jinping, à margem da cúpula da Organização Mundial de Cooperação em Xangai, que começou na cidade uzbeque de Samarcanda.

Ao mesmo tempo, o presidente russo destacou que a Rússia aprecia “a posição equilibrada da China em relação à crise ucraniana”. No entanto, Moscou entende as preocupações de Pequim a esse respeito e esclarecerá sua posição, acrescentou.

Referindo-se à situação em torno de Taiwan, Putin reiterou que seu país adere firmemente ao princípio de uma só China e condena as “provocações” dos EUA e seus parceiros na região.

Entre outros assuntos, o chefe de Estado abordou a questão das relações bilaterais entre a Rússia e a China. “Os laços multifacetados entre os nossos países estão a desenvolver-se ativamente”, sublinhou, detalhando que no ano passado o comércio entre as duas nações aumentou 35%, ultrapassando os 140.000 milhões de dólares , enquanto nos primeiros sete meses deste ano o volume de comércio mútuo cresceu 25%.

“Estou convencido de que até o final do ano atingiremos novos máximos históricos e em um futuro próximo, conforme concordamos, aumentaremos nosso volume de comércio mútuo para US$ 200 bilhões ou mais”, disse ele.

“Ser um exemplo de uma potência mundial responsável”

Por sua parte, Xi enfatizou que Pequim está disposta a desempenhar um papel de liderança junto com Moscou para garantir o desenvolvimento sustentável do mundo.

“Diante das tremendas mudanças de nosso tempo em escala global, sem precedentes na história, estamos prontos, juntamente com nossos colegas russos, para ser um exemplo de potência mundial responsável e desempenhar um papel de liderança em colocar este mundo em rápida mudança em caminho do desenvolvimento sustentável e positivo”, afirmou.

Ele também ressaltou que os líderes da Rússia e da China mantêm a comunicação mesmo em meio à pandemia de covid-19. “Diante da pandemia global, continuamos mantendo uma comunicação estratégica eficaz, principalmente por meio de ligações telefônicas”, afirmou.

“Um período de ruptura histórica”

Durante a cimeira, serão discutidos os desafios e tarefas da SCO face à nova realidade geopolítica , bem como os problemas regionais e internacionais,  comunicaram  desde o Kremlin. Além disso, uma declaração conjunta será assinada e outros documentos serão aprovados.

A  ampliação da SCO está programada para  ser um dos principais itens da agenda. Com efeito, os Estados-Membros finalizarão o processo de adesão do Irão como membro de pleno direito, enquanto o pedido de incorporação da Bielorrússia, que agora actua como observador, será aceite. 

As grandes expectativas da cúpula foram antecipadas pelo presidente uzbeque, Shavkat Mirziyoyev, que  escreveu  um artigo por ocasião do evento em que destacou que o mundo enfrenta atualmente “‘um período de ruptura histórica’, quando  uma era termina  e começa outra,  ainda imprevisível e desconhecida ”.

Nesse sentido, de acordo com o líder usbeque, a reunião dos líderes poderia servir de exemplo sobre como promover “um diálogo inclusivo, baseado em princípios de respeito mútuo em prol da segurança e prosperidade comuns”, enquanto Samarcanda poderia se tornar o plataforma para unir e reconciliar estados com ” diferentes prioridades de política externa “.

Fonte: https://actualidad.rt.com/actualidad/441627-putin-declaraciones-ocs-cumbre-uzbekistan

Guilherme Fernandes

Guilherme Fernandes

Membro da Resistência Sulista e Dono do blog Tierra Australes. Também um ativista ferrenho pela reunificação do Uruguai e do Rio Grande do Sul como uma só pátria sob o estandarte de José Artigas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.