DIRETRIZ DUGIN Nº 116: SOBRE O ESPÍRITO

DIRETRIZ DUGIN Nº 116: SOBRE O ESPÍRITO

Por Alexander Dugin

· É muito difícil para nós imaginar uma sociedade menos espiritual do que a atual.

· Nos tempos antigos havia uma atitude muito diferente em relação ao espírito: o espírito era algo concreto, ativo e tangível. O espírito era o centro de tudo.

· De acordo com o apóstolo Paulo, Adão tinha uma alma viva, mas Cristo é o espírito que dá vida. A oposição entre o velho e o novo homem é a oposição entre o homem do humor e o homem espiritual. Então podemos dizer que a vida e a alma são praticamente sinônimas, ou seja, elas são quase os mesmos. O apóstolo Paulo considerava a alma algo compartilhado por homens, animais e plantas. E o espírito é aquele que cria a alma e dá uma dimensão espiritual à vida.

· A alma alcança a inteligência, quando pensa que toca os próprios elementos da mente, ou seja, quando entra em contato com Deus.

· Esquecer que há o espírito nos levou a perder nossa alma, que faz parte de nossa corporeidade. Começamos a ver a alma como algo adjacente apenas à realidade material porque o espírito esfriou. Em algum momento da história materialista cultura ocidental esqueceu que era a alma.

· Devemos restaurar a visão de mundo religiosa em sua totalidade e o próprio princípio do espírito.

Tradução José Guilherme Fernandes Luz/Resistência Sulista
Ilustração: Pedro Sena – https://www.instagram.com/pedrosenatattooer/

admin

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *